Director: Gilberto Eduardo, Director-adjunto: Naiene Cauchy

JOGABET

Mais de 90 mil vivem com HIV/SIDA em Inhambane

Redacção

O Conselho Provincial de Combate ao SIDA anunciou que mais de 90 mil pessoas vivem com HIV/Sida na província de Inhambane. Estes dados são referentes ao primeiro semestre de 2021. O encontro foi realizado na cidade de Inhambane sob o lema “Por uma Coordenação da Resposta Multissectorial ao HIV/SIDA, Concertada no Contexto da COVID-19.”

Na mesma ocasião foi referenciado que a província conta actualmente com 90.640 pessoas activas com tratamento antirretroviral, TARV, dos quais 5.809 são crianças. Cerca de 39 crianças e 119 adultos abandonaram este tratamento.

São dados que preocupam a representante do Governo, Ludmila Maguni, que na ocasião apontou que o estigma, a descriminação, e não uso do preservativo, são os principais vectores que contribuem para os elevados índices de contaminação pelo vírus de HIV e SIDA, no país e na província, em particular. Na sequência desta situação, a Secretária de Estado alertou sobre a obrigatoriedade de se fortalecer acções concretas da comunicação para mudança de comportamento, através de mensagens e abordagens coerentes, tendo em conta as especificidades dos grupos-alvo e faixas etárias, com enfoque para os jovens e adolescentes.

Maguni instou as autoridades competentes a elaborar estratégias para aumentar a cobertura da disponibilidade de preservativos, assegurar que mais mulheres grávidas HIV positivas, adiram à prevenção de Transmissão Vertical, e do tratamento anti-retroviral, aumentar a proporção dos beneficiários ao tratamento TARV, sendo estes os factores preponderantes para o alcance da supressão viral.

Comentários