Director: Gilberto Eduardo, Director-adjunto: Naiene Cauchy

JOGABET

Mais de 1800 pessoas circuncidadas nos últimos cinco meses

Redacção

As autoridades de saúde provincial planificam expandir a médio prazo a actividade de circuncisão médica masculina pelos distritos de Panda,  Massinga, Funhalouro, Vilankulo e Inhassoro. Esta actividade deverá ser acompanhada pela formação de técnicos de saúde dos distritos para levar a cabo esta acção, segundo revela uma nota enviada à nossa redacção. Esta decisão surge da necessidade de reduzir drasticamente os números até aqui apresentados da população masculina que ainda não se beneficiou da circuncisão, sobretudo dos distritos de Mabote, Funhalouro, Panda, Zavala e Guvuro, dado os laços culturais e sociais que têm com as províncias de Gaza e Sofala, com maior índice de casos.

Da campanha iniciada em Abril último, com maior enfoque para os distrito de Mabote e Govuro, foram circuncidadas nos últimos cinco meses  mais de 1800 pessoas. Recorde-se que o programa de circuncisão médica masculina voluntária em Moçambique iniciou em 2019, no Hospital Militar de Maputo e tinha como principal objectivo  circuncidar a população masculina como uma das medidas de prevenção do HIV. Posteriormente, esta actividade foi expandida para todo o país.

Comentários