Director: Gilberto Eduardo, Director-adjunto: Naiene Cauchy

JOGABET

Inhambane já tem Laboratório de Saúde Pública

A província de Inhambane já conta com um Laboratório de Saúde Pública. Com a inauguração da instituição, a província abre uma nova era no capítulo da saúde.

Antes da entrada em funcionamento do laboratório, o tempo de espera dos resultados era de sete dias em média, devido ao fluxo das amostras que após a sua colheita nos distritos eram enviadas ao centro de convergência provincial que funcionava no Hospital Provincial de Inhambane e de lá eram transportadas diariamente para o INS.

A recolha das amostras nos distritos não era diário. A mesma era feita duas vezes por semana com recurso a carros de parceiros, o que concorria para que as amostras recolhidas chegassem ao Hospital Provincial de Inhambane com quatro dias de atraso.

O laboratório está dotado de equipamento moderno da tecnologia PCR, que também processará amostras de outras doenças emergentes e re-emergentes, cujas amostras serão colhidas em todos os pontos da província. Espera-se que o mesmo acelere a disponibilidade do resultado para que em 48 horas no máximo possam ser tomadas de decisões correctas, tendo em vista um seguimento adequado dos pacientes.

Numa primeira fase, o Laboratório de Saúde Pública irá contar com doze funcionários, dos quais seis técnicos de laboratório, dois administrativos e dois agentes de serviço, para além de dois seguranças. Serão processados no laboratório 400 amostras.

O laboratório, que é de nível dois de segurança, é constituído por dois blocos, administrativo, com uma sala informática, um armazém de diversos materiais para o uso no laboratorial e por uma copa. O bloco da componente técnica tem uma sala de recepção das amostras, sala da preparação de reagentes, sala de amplificação, de extracção e a sala de lavagem do material.

No laboratório não será colhida nenhuma amostra. Essa tarefa caberá aos hospitais e aos centros de saúde da província, que posteriormente serão cadratradas na plataforma “dise-link” e enviadas ao laboratório.

A cerimónia de inauguração do Laboratório de Saúde Pública foi orientado pelo Ministro da Saúde, Armindo Tiago, num evento que contou ainda com a presença da Secretária de Estado e Governador da Província, respectivamente Ludmila Maguni e Rogério Tchapo, assim como do Director-geral do Instituto Nacional de Saúde, Ilesh Jani e da representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Comentários