Director: Gilberto Eduardo, Director-adjunto: Naiene Cauchy

JOGABET

EM VILANKULO: graduados quinze técnicos médios da Ilha de Barazuto

Por: Noa Cossa/ fotos de Stélio Guirute

Quinze jovens técnicos médios oriundos da Ilha de Barazuto, formados nas áreas de electricidade, pedreiro e ladrilharia, foram esta sexta-feira graduados pelo Centro de Formação do Fundo de Desenvolvimento da Comunidade, FDC, ao nível do Distrito de Vilankulo. Deste número, quatro são mulheres e beneficiaram da formação através do fundo aberto pela African Park Work e o Parque Nacional do Arquipélago de Barazuto, que têm apostado na formação desta faixa etária de modo a adquirirem conhecimentos técnico-profissional que os permite depois criarem o seu autoemprego. Aliás, um dos principais objectivos, de acordo com os parceiros,  é impedir que os jovens apostem na exploração de recursos marinhos sob protecção legislativa.

A cerimónia de graduação  contou com as presenças do Administrador do distrito, Edmundo Galiza Matos Jr, da Directora-Executiva do FDC,  Zélia Menete, do representante da secretária de estado da juventude e emprego e do Administrador do Parque Nacional de Bazaruto, PNAB, Armando Nguenha, este último que  anunciou a oferta de mais 50 bolsas  para formação de igual número de jovens.

Dirigindo-se aos recém-graduados, que receberam individualmente os respectivos kits de ferramentas, Armando Nguenha, exortou aos jovens que “não gostaria de ouvir que vocês andem de gabinete em gabinete a procura de emprego. Usem adequadamente as ferramentas agora à vossa disposição para a vossa autossustentabilidade e ainda empregar outros jovens”.

A PNAB já formou até ao momento 25 jovens, dois quais 15 passaram pela Centro de Formação de Vilankulo  e os restantes 10 pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo de Inhambane.

A Diretora-Executiva do FDC,  Zélia Menete,  acredita que só apostando na formação  profissional  dos jovens  É que o país pode desenvolver  economicamente.  Menete reiterou que o melhor recurso para o desenvolvimento do país são os jovens.  “O principal recurso são as pessoas devemos investir nas pessoas”.

O representante  do Secretário  do  Estado da Juventude e Emprego desafiou os graduados a serem abnegados e persistentes.

“Exortamos para que se empenhem e sejam abnegados. Tenham um pensamento de altruísmo na partilha de experiências que adquiriram”.

Na sua mensagem apresentada pela ocasião, os graduados comprometeram-se a colocar em prática o aprendizado durante a formação.

No evento foram igualmente convidados alguns jovens antigos beneficiários das bolsas da PNAB e actualmente proprietários das respectivas empresas a darem o seu testemunho.

A propósito desta graduação, foi também realizado no mesmo dia um Webinar moderado pela Directora Executiva do FDC, Zélia Menete, com o lema “Ensino Técnico Profissional: o papel da formação profissional na criação de Pequenas e Médias Empresa”. Este encontro virtual contou com a  participação, de entre várias figuras e alguns antigos formados pelo Centro de Formação de Vilankulo, a Presidente do Conselho de Administração do FDC, Graça Machel, o Administrador do distrito, Edmundo Galiza Matos Jr., Edmundo Josefa, Director Geral da ANEP, Armando Nguenha, Administrador do Parque Nacional de Bazaruto, Yassin  Amuji, Presidente da Associação do Turismo de Vilankulo.  O único  objetivo era partilhar  as suas experiências  aos recém-formados para melhor ingresso no mercado de autoemprego.

Comentários