Director: Gilberto Eduardo, Director-adjunto: Naiene Cauchy

Mabote:Preço da castanha não é rentável e solução passa por armazenar a castanha

Redacção

Custa 20 a 25 meticais o quilograma da castanha de caju no distrito de Mabote, um preço muito longe do determinado pelo Governo para a comercialização deste produto, que  é de 37 meticais. O distrito registou no ano passado números um pouco acima dos projectados da produção deste produto, que é a principal fonte de renda dos produtores no distrito de Mabote e isso, naturalmente, obrigou a uma redução drástica do preço habitual para os actuais 20 a 25 meticais, considerados exíguos comparando com aquilo que são os custos de produção. Aliás, é tendo como base os custos de produção que a maioria dos produtores preferiu parar a comercialização e armazenar o seu produto  até que novos cenários mais benéficos para eles sejam observados, o que significa voltar a comercializar a castanha acima dos 30 meticais.

Comentários